Guia Brokers for Trading em Portugal

Portugal pode não ser o maior mercado para os corretores Forex que procuram vender os seus serviços a clientes baseados na UE, mas certamente é um mercado suficientemente grande para atingir todos os operadores Forex razoavelmente estabelecidos. Além disso, o acesso ao mercado português é bastante fácil: com qualquer licença concedida por um operador sediado na UE, e sim, que inclua a CySEC, os corretores Forex podem legalmente oferecer serviços financeiros ao público português. Isso não quer dizer, obviamente, que Portugal não tenha o seu próprio regulador financeiro local. Este regulador é a CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliarios) e goza de total autonomia no que se refere à supervisão e regulação das entidades financeiras em mercado. Escusado será dizer que os operadores licenciados pela CMVM também podem operar em todo o EEE, à semelhança do que fazem os operadores licenciados pela CySEC. Segundo alguns especialistas, uma licença da CMVM pode conferir ainda mais credibilidade e prestígio a um corretor, porque os requisitos de licenciamento da agência são bastante rígidos. Tudo o que se mexe no mercado accionista português é da competência da CMVM. É a única entidade reguladora que rege o bom funcionamento da Bolsa de Valores portuguesa et Guia Brokers for Trading em Portugal http://www.forexconfiavel.com/pais/portugal.html.

De uma perspectiva económica, Portugal pode não ser um grande destino para os corretores internacionais que procuram operar dentro da UE. Um dos primeiros membros da UE e um membro constante da zona do euro, sua estabilidade econômica não deve ser duvidosa. Infelizmente, também é membro do infame grupo PIIGS, o que significa que pode, de fato, ser um dos elos mais fracos do euro. Portugal é abençoado com uma localização geográfica estratégica. De Portugal, os investidores podem aceder a outros mercados da UE. Como é membro da zona do euro, a moeda euro é amplamente aceita em todos os setores.

O país recebe com prazer investidores estrangeiros. É também considerada a porta de entrada para Angola, Moçambique, Macau, Brasil e Lusófona. Portugal tem uma baixa taxa de criminalidade e as empresas estrangeiras recebem alguns incentivos adicionais. Esses são os principais motivos pelos quais os investidores estrangeiros consideram o local uma das melhores opções para iniciar um negócio. O Banco Mundial classifica Portugal na 16ª posição no que diz respeito ao comércio internacional. Também está bem classificado em termos de facilidade para fazer negócios.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *